O que é bichectomia - Dr Marcos Hayashi

Bichectomia: Mitos e verdades

Com a era da internet, muitos procedimentos estéticos começaram a aparecer e se tornaram populares entre blogueiras e pessoas que seguem a moda. Em todos os Instagrams de beleza, é possível ver modelos e digitais influencers com modificações estéticas.

Hoje, o que está em alta é a harmonização facial, e o ato de deixar os lados do seu rosto mais parecidos um com o outro, pois sabemos que nossa simetria natural não é totalmente perfeita, e possui certas diferenças.

Atualmente, um processo muito procurado começou a ficar conhecido por afinar o rosto e deixá-lo mais delicado. Ele se chama bichectomia, e é basicamente feito a partir da retirada das bolas de Bichat. Mas, ainda há diversos mitos e verdade que rolam a internet sobre o processo. Quer saber mais? Então acompanhe o texto.

O que é bichectomia?

Antes de sabermos mitos ou verdades, é necessário que seja possível entender realmente o que é esse procedimento. Bichectomia é uma técnica de harmonização facial que reduz a volume da parte inferior da face, e assim, diminui o aspecto redondo e “bochechudo” do paciente.

Ela proporciona o afinamento do rosto, e com isso a retirada das bolas de Bichat, que são estruturas naturais das paredes da bochecha. Isso pode ser feito parcial ou totalmente. Assim, a harmonização e o contorno serão muito mais visíveis.

Essa cirurgia é realizada na própria sala do dentista, com uma anestesia local, e a recuperação é muito rápida e tranquila. Porém, o resultado demora em média um mês para começar a aparecer, pois o rosto incha um pouco antes por conta da retirada.

Agora que você sabe o que é bichectomia e os processos seus processos que tal tirar algumas dúvidas sabendo os mitos e verdades sobre esse método? Saiba mais a seguir.

Mitos e verdades da bichectomia

Quem não é “bochechudo” pode realizar a bichectomia?

VERDADE. Todas as pessoas podem optar por esse método, porém, pode não ser indicado para quem já possui um rosto muito fino e estruturas menores, pois pode atingir uma estética indesejada e também problemas na mastigação.
Aposte na orientação e avaliação de profissionais sérios, para entender todos os riscos e se valerá a pena para o seu caso e sua saúde.

Por ser um procedimento simples, não existe nenhum risco

MITO. Todas as alterações corporais, sejam o mais simples ou difíceis possível, possuem sim o risco de complicações, como infecções e inflamações, além de outros problemas. Por isso, seguir todas as orientações pós-cirurgia e escolha profissionais altamente capacitados.

A bichectomia, quando realizada de modo errado, pode gerar paralisar, lesionar nervos, lesionar a estrutura de transporte para saliva e prejudicar toda sua área bucal.

A bichectomia deixa o rosto jovial

VERDADE. Esse método é procurado para afinar o rosto, diminuir aspecto envelhecido, harmonizar a face e ainda proporcionar um “efeito blush”, no qual é possível deixar as maçãs do rosto mais destacadas.

A bichectomia é um procedimento irreversível

VERDADE. Antes de realizar qualquer tipo de processo em seu corpo, principalmente os irreversíveis, pense bem. Não siga somente a moda, se informe sobre o que deseja realizar e entenda se valerá a pena para sempre.

A bichectomia é irreversível, e não é possível devolver o formato que o seu rosto já possuía, então tenha certeza de todos os seus atos.

A bichectomia deixa cicatrizes aparentes

MITO. Este procedimento é feito internamente, então nada aparecerá ou ficará visível para ninguém. Essa pequena cirurgia deixará seu rosto mais ideal para você, e não deixará nenhuma marca ou arrependimento.

Somente mulheres fazem bichectomia

MITO. Não há nenhum porque somente mulheres fazerem a bichectomia. Todos os gêneros podem fazer este procedimento, principalmente se os exames estiverem todos positivos.

Os homens também se beneficiam com a retirada das Bolas de Bichat, e podem ter o rosto mais contornados, ajudando na resolução de problemas de mastigação e melhorando sua estética facial.

A bichectomia possui uma recuperação difícil e demorada

MITO. O pós-operatório da bichectomia habitualmente é bem calmo e simplificado, até mesmo de cirurgias mais invasivas, como a dos sisos. Em uma média de 15 dias, o paciente está recuperado e poderá voltar às suas atividades moderadamente.

Os primeiros momentos, claro, podem ser mais incomodativos, porém analgésicos e todo o cuidados que seu dentista te passar, irão diminuir dores e chateações.

Procure profissionais qualificados para fazer a sua bichectomia

Agora que sabe todos os principais mitos e verdades sobre a retirada das Bolas de Bichat, o próximo passo é escolher profissionais que irão cuidar de você, da sua saúde, estética e recuperação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima